sexta-feira, 30 de março de 2012

Oieee, como eu emagreci?

Oi pessoas!
Tudo bem aí?
Aqui tudo caminhando, rsrs.

Recebi um comentário de uma visitante e vou responder por aqui:

Gabi disse...



Querida, estou no mesmo barco e concordo muito com o que vc disse, só me tira uma dúvida, como foi que vc conseguiu baixar de peso, pq se é tão lento no ínicio eu fico imagindo depois. Onde vc caprichou mais?

Bem, primeiro essa pergunta me fez pensar numa coisa: 
Como eu conseguir baixar meu peso e Onde eu capricho mais??
Dai fui rever meu caderno, onde desde 01/01 estou anotando tudo o que entra nesse corpinho, hehe.
E percebi que teve erros, claro... mas teve muito mais acertos! Legal né??
Faz tempo que não conto calorias, mas como a maioria de nós tem decorada a tabela de calorias aproximadas dos alimentos, eu calculo de cabeça mesmo antes de comer.
Mas não fico bitolada com isso não.
Por exemplo: teve dias que eu comi alguma besteirinha... dai me controlei durante o resto do dia.
Se num dia eu achava que tinha comido demais, controlava no dia seguinte.
Em janeiro eu praticamente risquei o pão, macarrão, arroz e qualquer massa do meu cardápio, além de retirar outras coisas como feijão, brócolis, couve flor, couve e qualquer grão.
Ajudou bastante, mas sei que é impossível viver o resto da vida sem arroz por exemplo...
Dai o que eu faço?
Quando como, observo todo o resto do que vou comer e claro, limito muito as quantidades.
Além disso, não como essas coisas todos os dias e assim vou equilibrando tudo.
Ontem eu tive vontade de fazer um pão recheado pra aproveitar os frios que estavam na geladeira.
Fiz uma receita que tenho e substitui metade da farinha de trigo pela integral, juntei farelo de trigo, linhaça. Usei leite desnatado e o resultado foi um pão bem mais levinho, menos calórico e muito gostoso.
Dai, como eu sabia que faria o pão e não conseguiria ficar sem comer, mantive a linha durante todo o dia, pra me permitir comer pelo menos um dos pães, entendem?
Vou dar a receita aqui como eu fiz.
Geralmente eu faço 1 kilo com farinha normal, mas a substituição pela farinha integral ficou surpreendente! Vale a pena experimentar.

E ainda respondendo a pergunta da Gabi, além dessas substituições, reduções e até mesmo restrições na alimentação, investi parte do pouco tempo que tenho disponível pra fazer caminhadas.
Levo a filha na escola pela manhã (+- 20 minutos). No meu horário de almoço, mais 40 minutos e na volta pra casa, caminho mais 20 minutos com a filhota.
Não é lá muita coisa, eu sei, mas sinto que ajuda. Principalmente na disposição.
Acordo muito cedo e geralmente durmo tarde. As caminhadas dão um animada. Antes eu vivia com sono!
Tomo muita água, isso desde sempre.
Entre 3 e 4 litros por dia.
Nos finais de semana, também levanto cedo e além de todo trabalho de casa pra fazer (faxina, lavar, passar, cozinhar) também caminhamos. Todo sábado e domingo eu faço questão de ir ao mercado e à feira a pé. E é tudo longe, com direito a ladeiras e tudo mais.
Carrego filhotes comigo sempre.
Namoro bastante também, rsrs e isso queima uma caloria brava, kkk.
Não como carne, troquei o leite integral pelo semi desnatado, como frutas todos os dias.
Sempre tem legumes prontos (ontem eu fiz um quiabo delicioso enquanto a massa do pão crescia), troquei o macarrão grano duro pelo macarrão de arroz que nem é tão ruim se for feito al dente e consumido na hora, não faço frituras (em casa ou é assado ou cozido).
Invento mil receitinhas com filé de frango, faço omeletes caprichados, todos trabalhados no legumes, rsrs, como proteína de soja sempre que possível (faço quibe, bolinhos assados, torta, pastel, lasanha, uma infinidade de coisas), como o grão da soja assado (é uma delícia).
Evito o pão branco ao máximo e geralmente como duas torradas integrais no café da manhã.
Aprendi a não ficar sem comer. Um erro muito grande que cometi durante anos.
Trago marmita pro trabalho e isso facilita demais a minha vida pq nem me preocupo em comprar besteiras na rua.
Enfim, acho que é isso.
Precisei mudar e adaptar algumas coisas.
Não vou dizer que não erro, que não tenho meus momentos de querer comer o mundo. Tenho, como a grande maioria, mas eu me controlo. E percebi também que se eu comer um pouco a mais, meu estômago reclama. Sinto que com menos comida eu fico saciada e isso é jóia!
Tenho medo de regridir, então, a cada dia faço o meu melhor.
Eu penso antes de comer qualquer coisa e isso é usar o bom senso.
Nem é tão difícil né?

Espero que tenha ajudado.

Agora, a receita do pão como fiz ontem:

Vai precisar de:
2 tabletes de fermento fresco
2 colheres de sopa de açúcar
1 colher rasa de sal (rasa mesmo, senão fica salgado)
1 xícara (250ml) de leite morninho
60 ml de óleo de milho (pode usar azeite)
1 ovo inteiro
2 xícaras de farinha de trigo não muito cheias e 2 de farinha integral
1/2 xícara de farelo de trigo +_, linhaça (opcionais)

Faz assim:
Dissolve o fermento no leite, mistura o açúcar, o sal, o óleo e o ovo. Mistura e vai colocando as farinhas. Eu começo pelo farelo, depois uma de farinha branca, duas de integral e finalizo com a última de farinha branca pq as vezes não usa tudo e finalizo com a linhaça, uma colher de sopa é suficiente.
Sova e deixa crescer. Nem precisa sovar muito pq a massa desgruda rápido da mão.
Deixei crescer por uma hora pq tava frio. Depois, dividi a massa em 11 bolinhas e deixei crescer mais um pouco.
Abri as bolinhas com o rolo e recheei com presunto e queijo.
Coloquei na forma sem untar e assei no forno já quente por 30 minutos. 200 º.
Daí, é só comer!!!
Mais fácil que isso? Nunca vi, hehe.

A receita que eu fazia normalmente era com farinha branca e geralmente dobrada. Mas rende 26 pães... é pão demais!
Adorei essa versão integral. Nem precisa passar ovo em cima pq a farinha integral os deixa moreninhos.

Façam e depois me contem.

Beijos e bom findi proceis.
14011






3 comentários:

Brechique da Dodoca disse...

Que maravilha! Amei todas as dicas e essa de anotar é genial!
Querida, vc é incrível! Mulher nota mil! Parabéns!
Bjssssssssss, quérida, Deus a abençoa!

*VAN* Emagrecendo... disse...

Vc é um sucessoooo!!! Amei suas dicas, suas confissões...estou me inspiarndo muito aqui...apesar de sumida, quando posso adoro ler suas postagens!!! super beijo*

A teimosa disse...

é isso aí.. tendo bom senso a gente chega em qquer lugar né.. bjokas

Progresso

NeoCounter