quarta-feira, 14 de dezembro de 2011



Oi pessoas!
Voltei pra última postagem do ano.

Concordando muito com o comentário da Valerie, tô precisando mesmo de uma folga.
E essa postagem será uma retrospectiva de 2011.

Em março descobri um nódulo na mama e esse infeliz atormentou até novembro, quando o diagnóstico foi negativo para neoplasia.
Passei todos esses meses numa angústia danada e quase fiz uma merda bem grande.
Comecei a brigar muito com marido, me fechei, me isolei.
Comi emoções, sentimentos e frustrações e agradeço por terminar este ano só com um kilo a mais que ano passado. Tô com 64.
Cheguei a me separar e mandei ele embora.
Mas... ele me deu um chacoalhão e justo no dia que completamos 22 anos juntos (namoro/noivado e casamento) me fez uma das mais belas surpresas.
Me fez voltar pra realidade e pude ver o quanto fui infantil... Acorda mulher, vc tá chegando nos 40, rsrs.
Pois é...
Esses meses foram de muita reflexão também.
Pude avaliar e selecionar o que é bom e o que não é mais.
Joguei fora pessoas que não me servem. Fiz uma faxina geral.
Hoje só sobrou o que e quem realmente faz a diferença. Sobrou pouco, confesso.
Mas assim é tão melhor... fico tão mais leve, rsrs.

Quanto à RA dietas e afins... foi tudo muito irregular.
Vai fazer um ano que não como carne vermelha.
Tive meus momentos insanos em que comi absurdamente... e acho que só não engordei horrores pq sou daquelas que compensam depois, sacomé (MARÍLIA, ADOREI SUA VOLTA!).
Comecei e parei as caminhadas várias vezes... estou fazendo no momento.
Estive tão preocupada comigo e também com meu filho que acabei deixando a filha comer o que quisesse.
Ela engordou. Mas como cresceu também, a coisa ficou meio elas por elas... Ano que vem, ela que me aguarde, rsrs.

No trabalho tomei uma atitude corajosa.
Informei que não quero mais ficar aqui e estou disposta a sair.
Foi bom durante 8 anos... acabou a validade.
Impossível ficar num lugar onde não reconhecem seu valor e ficam tentando puxar seu tapete.
Se tem coisa que não suporto é gente mesquinha, gente pequena que nem merecia ser chamada de gente!
Já tenho quase quarentinha... não suporto mais um monte de coisas. Tô ficando velha mesmo, rsrs.
Ficarei somente o tempo de conseguirem acertar tudo. Depois, decido o que fazer.

E basicamente foi isso...

Se tenho planos pra 2012??
Muitos.
Mas deixarei pra postar quando voltar.

Passarei as festas na minha casa.
Provavelmente seremos 5, visto que tenho uma nora, rsrs.
Tá, filhote tem SÓ 15 anos, a 'nora' tem  SÓ 17 e faz só um ano que namoram... mas já nos apegamos tanto.
É tão gostoso ver os dois juntos.
Sei que são novos demais, deveriam conhecer outras pessoas e tal... mas sei lá...
Conheci marido com 17 anos e estamos aí... 22 anos juntos e deu muito certo!
Teve brigas, discussões, ciúmes... mas teve e tem muito amor ainda, pra muito e muito tempo.
Eu sempre digo: vc é um chato, insuportável.... mas eu te amo tanto!!! E por burrice, quase perdi essa pessoa tão especial...
Ando tão apaixonada... acho que hoje, muito mais que antes.
Bem, mas voltando as festas: nada de cardápios engordativos, nada de abusos.
Farei uma ceia diferente. Conto depois como foi, com fotos.
Não é porque é festa que precisamos comer até estourar né?

Não sei ainda se terei folga aqui no trampo...

Sei que em 2012, estarei de volta.
Fiz uma pequena (bem pequena) lista do que pretendo fazer, já que este ano não fiz nada significativo pelo meu peso, pelo meu corpo.
Fiz uma outra lista (também pequena) de coisas que pretendo excluir da minha vida e desta vez pra sempre, pq são coisas que me fazem muito, muito mal mesmo!
E assim vamos seguindo, um dia de cada vez.
Sei tudo o que devo fazer, só falta botar em prática. Deixar de ser teimosa e ser disciplinada.
E ó, nem preciso esperar 2012 pra isso.

BEIJOS PRA TODAS.
BOAS FESTAS E QUE TODAS ESTEJAM AQUI ANO QUE VEM.
CUIDEM-SE.

PS: A IMAGEM DO BEBEZINHO É MEU PROTETOR DE TELA.
ME DÁ UMA PAZ TÃO GRANDE...  EXPERIMENTA!





FUI!

Um comentário:

Valérie Roberto disse...

Nossa, ainda tem mais do que eu imaginava? Socorro! Vc é uma rocha!

Vamos fazer um 2012 diferente. Minha terapeuta me disse que é para eu ser feliz, custe o que custar. Não é para fazer os outros felizes apenas, mas ser feliz junto. Vamos lá?

Beijoca e obrigada pelos elogios na Lujinha

Progresso

NeoCounter