sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

O tempo passa, as coisas mudam....

Oi pessoas!!

Não viria hoje, mas como amanhã tem níver da Welze, do Gostosuras sem travessuras, teria que entrar mesmo... então, vou postar.

Faz tempo que estou pra falar nesse assunto mas acabava esquecendo.

É sobre mudanças na nossa aparência.

Quando eu era pequena, era beeem magrinha.

Na adolescência, tive a fase boazuda, cheinha e gorda. Depois emagreci.

Quando resolvi casar, com 17 anos, estava bem.

De lá pra cá foi aquela novela que todos sabem, engorda, emagrece... até eu me achar na RA e conseguir manter um equilíbrio.

Sempre tive os cabelos escuros, quase pretos.

Já usei Chanel, curto, bem curto e desde que a Ana nasceu, deixo crescer e são bem longos, quase na cintura.

Minha pele é morena. Só minhas pernas é que são extremamente brancas!

Desde os 18 anos, a única coisa que mudou na minha aparência foi o surgimento de algumas linhazinhas de expressão e também algumas pintas/sardas no meu rosto.

Os amigos daquela época dizem até hoje que o tempo não passa pra mim.

No ano novo, um primo do marido falou assim: caramba M*, os anos passam e a Andrea não muda. Tá sempre igual, ta cada vez mais bonita, em compensação vc... tá bem acabadinho.

Claro que rimos muito com o comentário, até pq, ele é bem chegado nosso e também pq meu marido aparenta mais idade sim. E não foi um comentário pejorativo, eles tem a mesma idade, enfim...

Ele tem 39 anos e já tem a barba grisalha, bem como os cabelos. Fora que como também tem a pele clara, as rugas ficam bem mais evidentes né?

Ele sempre foi um homem bonito. Hoje tá um “tiozinho” bem bonito, rsrs. E tenho ciúmes ainda, hehe.

Mas falando da minha pessoa, concordo quando dizem que os anos não passam. Minha “cara” ta sempre igual, fora que hoje me acho até mais bonita.

Daí que trabalhei dos 19 aos 23 anos no hospital. Lá tinha muitas “colegas” e na época tinha uma que era um pouco mais nova que eu.

Quando ela entrou, já fazia tempo que eu trabalhava lá e o santo não bateu, sabe como é?

Nem eu fui com a cara da menina, nem ela com a minha. Mas convivíamos, afinal estávamos lá pra trabalhar.

Ela se achava linda e era bem bonita sim. Tinha um corpão, cinturinha fina, tudo no lugar. Daquelas que chamam bem atenção. Até depois de uma gestação, ela continuou bonitona.

Eu era uma baixinha normal né... e naquela época tava mais gordinha.

Daí que essa menina esnobava todas as outras do departamento, inclusive eu, pq achava todas feias e teve quem ouvisse isso da própria boca dela.

Então tá né... fazer o quê?

Só que os anos passam... as mudanças acontecem....

Esses dias tava eu fuçando no Orkut e fui olhar na página de amigos de uma amiga daquela época.

Encontrei a tal menina, a bonitona.

Fui xeretar nas fotos e ... cadê aquela menina bonita???

A única coisa que vi foi uma mulher sem nenhuma graça.

Ficou feia, gordona, cheia de olheiras, cabelo tudo zuado.

Olhei todas as fotos pra ter certeza. Não foi numa foto isolada que ela estava assim: eram todas!

Nem digo pelo fato de estar gorda e olha que pelo corpo que ela tinha, tá é obesa! É pela cara de acabada, cara daquelas mulheres que não tão nem aí pra aparência. Dorme e acordam sempre igual, não ajeita os cabelos, não passa um batom. Mulher largada.

Daí que eu fico pensando: algumas pessoas esquecem que o tempo passa e que as coisas mudam.

E não só com a aparência né?

Por isso que eu sempre digo: nunca cuspa pra cima que pode cair bem na testa, rsrsrs.

Ela falava tanto das outras meninas, se achava a tal e olha como está??

Algumas pessoas tem mania de falar mal das outras, criticar fulano por isso ou aquilo e pior: vejo algumas pessoas que não estão assim tão bem (com a balança, com o espelho) falando mal de outras! Pode?

Vejo fulano criticando cicrano por ser assim ou assado e na verdade, fulano é igual ou pior que cicrano!

São coisas que definitivamente não entendo.

Tem gente que prefere viver no inferno ao invés de viver em harmonia, aff.

Bem, espero ninguém aqui tenha um “amigo” assim, rsrs.

Beijos e ótimo fim de semana.

7 comentários:

Nanna (Carla Renata) disse...

Tem muito disso mesmo Andrea.. mas sabe o que eu mais reparo.. é que homem não é tão assim.. homem nao fica gastando o tempo falando mal do outro.. quem fala mal geralmente é mulher..que adora ficar reparando e botando defeito.. ódio mortal..rs
bjs bjs bjs fike com Deus

Midi disse...

Oi Andrea
Obrigada pelas visitas viu?
Sabe, eu acho que tão estranho isso uma pessoa esnobar outra porque se acha melhor, que coisa não?
Até aqui na blogsfera eu vejo meninas dando liçãozinha de moral e esquecendo de olhar pro próprio rabinho...
Esses dias uma amiga da 8º me encontrou no orkut e disse que continuo com a mesma carinha.É bom ouvir isso né?
bjos

Quel =^^= disse...

e como passa! e só nós mesmas podemos tentar reverter esses efeitos... as vezes por bem ou mal! mas o que vale é estar sempre na luta! bjs bom final de semana!

Lisa disse...

Oie... poisé... coisas da vida né?
Olha aí no que dá... fica falando mal dos outros e a vida castiga... hehe

Por isso que eu fico no meu cantinho quietinha....e cada um com seus problemas... kkkk

beijokasssss ótimo fim de semanaaaa

Marilia disse...

Oi! E olha que em foto de orkut, facebook essas coisas a gente costuma colocar as melhores fotos, imagina pessoalmente como deve estar a pessoa! Dá a té medo...
Sempre penso nisso, pessoas que falam muito das outras sempre estão piores ou empatadas, tem um monte de gente que é gorda e acha que não é, tem gente que é ruim e acha que é boa, tem gente que senta no rabo e fala dos outros, não costumo falar dos outros pq acho que cada um sabe da sua vida, mas ouço as pessoas falarem e fico pensando, nossa mas ela tá falando e é assim também.
É dificil conviver em sociedade né!
Vamos nos manter equilibradas ...hehehe e só observando.
beijos querida

Beth disse...

Nossa, como isso acontece! Eu fui uma jovem magra, com o corpo bacaninha, quando aumentava um pouquinho emagrecia rapidamente, sem maiores sacrifícios e aí, me achava né? Dizia "emagreço facilmente". Até que bobeei, engordei mais e mais e fui parar onde você sabe! :)
Esta coisa de reparar e falar do outro, quando é para derrubar, criticar, botar o outro pra baixo, não tem nada a ver. Uma coisa é a crítica construtiva, para incentivar, para fazer o outro acreditar que pode fazer melhor. Outra é querer aparecer em cima do outro, com ares de uma superioridade que na prática a gente sabe que não rola mesmo.
Sobre o marido, o meu é 9 anos mais novo que eu, mas muita gente diz que não parece. Ainda bem, né? kkkk
Beijos lindona, boa semana!

Rebecca - Sou Vigilante disse...

Ah! Isso é mais comum do que parece... Acho até que quem age assim tem é inveja do outro ou pior ainda, tenta minimizar o outro achando que assim se mantem por cima da carne seca. enfim...


Quanto ao Zeca, é zaroio sim! Ele é lindo, as fotos nao fizeram juz a beleza dele.
Hoje tentei dar banho na Princesa. G-Zuiz! A gata ta cheia de pulgas... Ela é muito de rua e o Zeca é um lord, todo limpinho, cheirosinho... e namorando aquela neguinha fedida... hahahahah!!!

Progresso

NeoCounter