domingo, 15 de dezembro de 2013

E o pior já passou! Ufa!

Oi pessoas!!

Finalmente estamos em casa!
Ficamos internadas desde terça, dia 10.
Soube só depois que o apêndice estava na fase 4, o mais grave de todos com risco de morte...
Felizmente apareceu um anjo e operou sem esperar mais.
A incisão ficou grande, maior que o normal, mas o que importa é que minha filhota ficou bem!
Foram dias dolorosos... muitas picadas, muita medicação e ela chorava horrores na administração do dramim... Ainda bem que os vômitos cessaram e o médico retirou a dosagem. Me cortava o coração vê-la chorando.
Estávamos na lanchonete do hospital (ela precisava caminhar bastante pras coisas voltarem a funcionar) e o Dr. passou, nos viu e perguntou se ela gostaria de ir para casa. O sorriso no rostinho dela foi imediato. Coisa mais linda!
Passou todas as prescrições e aqui estamos.
Vai ficar no meu quarto, comigo na cama. Despachamos o pai pra sala, afinal, pai nessa hora só atrapalha, kkkkkkkkkkkk.
Se antes já tinhamos uma ligação muito forte, essa experiência serviu pra estreitar ainda mais nossos laços.
Ela é uma filha incrível que me surpreende a cada dia pela sua força e coragem!
Puxou a mãe, kkk.
Aqui ela estava abatida ainda. Hoje está bem melhor.
Ainda não consegue comer. Ela mastiga e joga fora. Só tem tomado sucos, mas está bem.
É estranho. Antes ela comia tanto, de tudo... agora tudo enjoa.
Mas sei que logo estará 100%. Estou cuidando pra que fique boa.

Já eu... nesses dias comi super mal, pouco e bem errado.
Hoje me deu uma mega vontade de comer doces e só não me joguei neles pq achei sacanagem comer na frente dela, embora ela não quisesse, rsrs.
Vamos ver se consigo botar filhota na linha e de quebra, entrar de cabeça numa alimentação saudável definitiva.
OREMOS.

Beijos.

Um comentário:

Carla Renata Galassi disse...

lindeza.. fico super feliz ke ela ja esteja bem e em casa.. e como isso cansa.. acho que o cansaço fisico ainda fica atras do emocional.. afinal de contas filho é filho.. não importa a idade..rs. bjokas e sucesso sempre

Progresso

NeoCounter