quinta-feira, 4 de abril de 2013

Eu reprovo!

Oi pessoas!!

Apenas um dia sem ingerir carboidratos e acreditem: minha calça tá super confortável!
Não pesei hoje pq logo cedo foi aquela correria...
Levanta, escova os dentes, joga uma água na cara e começa a luta:
Acorda os filhos, banho, preparar café, alimentar os bichos (cachorro e gata, que nesta altura tava se enroscando no meu pé), tira o carro, deixa filho na escola, deixa a filha na outra, volta pra casa pelo caminho errado (avenida) e fica 10 minutos parada no caralho do farol! Dai, chega em casa e tem que voltar correndo pra levar o trabalho que o filho esqueceu em cima da mesa! OMG!
Vou e volto (pelo caminho certo e faço isso em 8 minutos, u.uh!!
Chego, dou café pro marido e despacho ele pro trabalho.
Ligo o pc e banho agora, só às 11 quando vou me trocar pra buscar a filha, rsrs.
Correria da porra!
Mas, tá ótimo.
Já fiz uns contatos com clientes e até as 11 farei outros (quando terminar o post).

E a postagem é pra falar sobre um assunto que venho observando a muito tempo:
As filas dos fast foods.

Alguém aí já reparou nas pessoas que fazem aquelas filas imensas nas lanchonetes??
Eu já.
Só tem gente gorda!
Tá, tem uns magrelos, mas são poucos...
Dai fico perguntando: PORQUE??

É obvio que já fui várias vezes comer nesses lugares e quem não foi, atire a primeira pedra!
Mas nunca fiz disso um hábito, até pq sei que são "alimentos" pra uma emergência, não são saudáveis e blá.
E já vi muitas situações que reprovo muito.
Exemplo: outro dia, na praça de alimentação do shops aqui perto, uma mãe estava "alimentando" a cria com batatinhas e refrigerante na mamadeira (a criança era pequena demais pra tomar no canudinho).
Conheço mães que levam os filhos todos os dias pra "almoçar" lanches.
Dai, as crianças ficam gordas e doentes!
Acho muito errado isso.
Minha filha é gordinha, imagino se eu a deixasse comer lanches direto...
Prezo muito a alimentação saudável e não tenho preguiça de fazer comida de verdade.
Só ando com problemas com a carne vermelha...
Aqui, ninguém quer comer.

Segunda feira, tive que ir ao banco depois de ir buscar a filha na escola.
No caminho, vimos um caminhão descarregando carnes num mercado e ela ficou super enojada.
Ela falou assim: mãe, eles carregam a carne nos ombros!
E eu completei: Olha só, a carne esbarra na cabeça do cara, passa nos cabelos...
Ela quase vomita, kkkkkkk.
Não como carne vermelha, mas desde que parei, sempre fiz pra eles. Só que já faz um tempo que meu cachorro vem comendo tudo que sobra. E sobra muito...
Filho disse pra comprar só frango e ela não quer mais carne.
Então tá né...

Bora elaborar cardápios com frango e ovos, rsrs.

E fica a dica sobre os fast foods.


Beijão.

2 comentários:

Engenheira Dietética disse...

Não sou mãe, mas é um cuidado que vou ter com meus filhos... fast food só depois dos 6 aninhos uma vez por mês e em quantidades proporcionais a uma criança. Pq uma criança bebe 500ml de refri? eu hein...

beijos

Carla Renata Galassi (A Teimosa) disse...

duas coisas...
coisa 1... qdo eu tava na faculdade.. (1995 - 1998) minha pessoa se entupia de fast tooooooooodo dia..rs amava. hj ja nao ligo.. mesmo porque se ligasse tava fudida porque nao posso mais com o pão..rs
coisa 2.. dá peixe pra esse povo.. ke frango e ovo nada.. dá peixe ke peixe é saudavel e faz muito bem..
bjokas sua linda..té mais vê!

Progresso

NeoCounter