segunda-feira, 14 de maio de 2012

Só sei que foi assim...

Oi pessoas





A monstra foi embora e levou a TPPM, o inchaço, a angústia... enfim, bola pra frente.


Mês que vem ela volta, rsrs.


Acho que devido a alguns problemas no trabalho, fiquei bem mais sensível este mês. Uma irritação maior, me senti mais inchada também e tive algumas vontades sem sentido.


Como já mencionei, reduzi bastante o consumo de carboidratos, pelo menos aqueles que eu “achava” que me faziam mal, me engordavam, me travavam, enfim, reduzi principalmente o arroz, o macarrão, pães bolos e biscoitos. Também tirei todo e qualquer açúcar. Eu “achava”. Hoje tenho “certeza”.


No sábado, ainda sensibilizada, irritada com acontecimentos aqui no trampo, acabei me permitindo algumas bobagenzinhas.


Havia comprado mini pães integrais e estavam muito fofinhos. Comi uns 4, do tamanho daquelas bisnaguinhas, sacolé??, então... comi 4 no café da manhã.


Como já não estava mais habituada a comer carboidrato no café, ainda mais nessa quantidade, logo passei a sentir um desconforto. Senti a barriga inchar, literalmente! Devia ter fotografado porque ficou bem estufada mesmo.


Fora que me deu azia que durou até bem depois do almoço.


Neste intervalo co mi uma maça verde bem azeda.


Almocei tarde e comi arroz. 4 colheres de sopa com frango agridoce e pimenta.


Novamente, passados alguns minutos o desconforto voltou.


Tomei um chá de erva doce e tomei um antigazes.


A noite pensei em não comer nada, mas filhotes queriam um docinho e lá fui, fazer brigadeiro com a última metade do ovo de páscoa que ainda morava na geladeira.


Rendeu um monte e comi 2 colheres cheias.


Daí nem tinha como jantar mesmo né?


Só que estava aquele friozinho e novamente, crianças queriam comer!!


Fiz bruschetas e comi 2. Já passava das 22:00h... misericórdia!


Quando fui anotar tudo que comi durante o dia, fiquei surpresa: quanta cagada num único dia!


Beleza, domingo seria um novo dia.


Acordei ontem cedo, umas 07:00h.


Por ser dia das mães e estar aquele friozinho, resolvi voltar pra cama, até pq todos dormiam.


Levantei quase 10 horas e fiz café pra todos. Detalhe: estava morrendo de dor de cabeça, coisa que fazia tempos que eu não tinha. Doia de latejar! Tomei remédio antes mesmo de escovar os dentes!


Eu e Ana comemos torradas integrais (olha o carboidrato aí de novo...), eu tomei café com leite desnatado e ela suco.


É que ontem ela resolveu fazer dieta, rsrs.


Preparei o almoço e como íamos dar uma passadinha na sogra, não fiz nada muito especial.


Macarrão com molho de tomate e molho branco com queijo, carne de panela pra eles (que permaneceu intacta), arroz e uma salada de folhas com cenoura e beterraba.


Na sogra comi algumas colheres de arroz de forno, uma colher de maionese e frango assado. De sobremesa, duas colheres de sorvete de creme.


Voltamos pra casa e o formigão do meu filho queria doce!


Resolvi fazer o tal bolo verde outra vez e deu certo. Comi DOIS pedaços!


Ah, só pra constar: meus filhos não tem culpa nenhuma das minhas jacadas. Eles pedem e eu sempre faço, mas a decisão de comer ou não, cabe apenas a mim. E neste fim de semana, eu me superei, rsrs.


E como pouca gordice e bobagem... comi um prato de macarrão com molho de tomate, molho branco de queijo e queijo ralado! TUDO ISSO!


Me senti uma ogra né...


Daí, fui tomar banho a noite e fiquei pensando o porque de ter comido tanto, principalmente carboidratos e doces que eu havia ficado mais de um mês sem comer e em apenas dois dias. Porque?


Sei que não foi pela abstinência e sim pelos problemas que venho passando nesse inferno desse lugar!


Eu comi sentimentos, angústias, nervosismo, raiva.


Infelizmente não posso sair ainda daqui, então preciso aguentar mais um tempo. Mas como tá difícil viu...


Esta semana vou pegar leve nos carbos, mas não ficarei sem. Até pq né... o que comi no fim de semana valeu por dias e dias...


E com esta “festança”, é claro que a balança mudou e quase chegou nos 60 outra vez... faltou 100g.


59,9 hoje cedo.


Não vou reclamar pq fiz por onde!


O jeito agora é fechar o bocão, aguentar a ansiedade, segurar a tristeza que passo aqui e seguir em frente.


Sei que não posso comer os problemas (senão ganharei outros) e se me permiti exagerar nos últimos dias foi pq senti que precisava.


A cada mordida, a cada pedaço que eu engoli do que não deveria, eu sabia perfeitamente que não seria legal. Mas eu quis e fiz.


Então, como hoje é segunda, bora recomeçar.


Desejo uma ÓTIMA semana a todas.

14610


3 comentários:

A teimosa disse...

ai lindeza... skenta não ke pelo ke pude notar mais de oitenta por cento das "broguéty" jacaram nesse fds.. e eu não podia ficar de fora né..kkkkkk bóra todo mundo tomar vergonha na carona redonda e fazer tudo certinho.. bjs

Anônimo disse...

Oi Andreia, fico com uma duvida, se tu não ta mais comendo carboidrato no café da manhã, o que come que consegue te saciar? Me ajudaaaaaa. Beijos Dill

Brechique da Dodoca disse...

Menina, o que tá acontecendo é tudo mesmo que vc falou, acredito!
E vc é danada mesmo! Sabe o motivo pelo qual vc comeu as coisitas! Ah, mas tb, Andréa, ninguém é de ferro, né? Os problemas têm que vazar por algum canto, ou serem compensados com alguma gostosura. Faz parte do show, não desanima que tá dando certo e, além do mais, não tem que ter pressa, tem é que dar certo, não importa por qto tempo nem em qto tempo, penso eu.
Bjssssssssss, quérida!

Progresso

NeoCounter