domingo, 5 de fevereiro de 2012

BC EM HOMENAGEM À WELZE!



Oi pessoas


Em homenagem à Welze vim postar uma das receitas que copiei do blog.

Lembro que tinha a maior vontade de testar essa receita, mas por tratar-se de um pão assado na panela, tinha medo de errar e estragar os ingredientes.
Dai, olhando o blog dela (às vezes entrava mais de uma vez por dia, sempre tinha atualizações) neste dia , vi a tal receita do tão falado, pão alemão.
E depois de ver o passo a passo da Welze, não tive mais dúvidas: resolvi fazer o tal pão assado na panela, cozido no leite, enfim,  um dos pães mais gostosos que eu já comi!

E claro, eu não teria feito de modo algum, se não tivesse visto no seu blog.
Vi como ela fez, fiz igual e deu certinho.

Quando copiei a receita, escrita às pressas, lembro de ter escrito assim?
Pão alemão cozido no leite - da Welze.

Todas as vezes que fiz esse pão (umas 4 vezes), sempre lembrava dela.
Dai, mesmo não comendo mais pão, fiz esse aqui:










E querem saber?
Ficou divino! Comi um pedaço pra provar. Aninha (minha Cuclinha) também, olha aí, rsrs.

Segue a receita:
Pão Alemão da Welze:

Numa bacia coloque 2 colheres de sopa de açúcar  e 20 gr de fermento biológico fresco.
Misture até ficar líquido.
Acrescente 1 ovo grande, 60 gramas de margarina culinária e 250 ml de leite morno.
1 colher de sopa rasa de sal. Misture.
Acrescente aos poucos 500g de farinha de trigo.
Não precisa sovar muito.
Deixe crescer por 30 minutos +ou_.
Após esse tempo, faça bolinhas e coloque numa panela previamente preparada**.
Deixe crescer mais meia hora.
Depois, cubra as bolinhas crescidas com meio litro de leite.
Leve a panela ao fogo bem baixo por mais ou menos 35 minutos até secar o leite.
Tá basicamente pronto.
Se vc for esganado, apaixonado por pão como eu era, tire a panela do fogo, abra e ataque!
Ele fica beeeeeeem branquinho, mas está totalmente assado.
Com margarina, requeijão, hummmmmmmmm, fica um escandalo! É de comer chorando (de raiva, pq tem muitas calorias).

Se vc for uma pessoa civilizada, pode esperar esfriar, retirar o alumínio com calma e saborear seu pão com um cafézinho, etc...

E se for uma pessoa civilizada e paciente, pode fazer igual a Welze, que deixou o pão dourar em forno bem quente. Fica muito mais bonito, sem dúvida.

Preparo da panela:
Uma panela grande com tampa se possivel arredondada (pra não grudar).
Papel alumínio e margarina.
Forrar fundos e laterais da panela com papel alumínio.
Untar o papel alumínio com bastante margarina.
Colocar as bolinhas do meio pras laterais, como se fizesse uma flor.
Desta forma, vc não deixa encostar demais nas laterais e é bom deixar um espaço pq ele cresce no cozimento.
Este cresceu muito, não ficou lá tãooo bonito, mas ficou beem saboroso.

PS: Preparei na sexta a noite. Ficou pronto quase meia noite e ontem coloquei um pouco no forno pra bronzear. Ainda sobrou pro café de hoje!

E aí?
Espero que tenham gostado.
Esta foi a minha maneira de homenagear essa mulher guerreira, que adorava uma festa e que certamente estará feliz pela lembrança neste dia!

Beijos.

5 comentários:

Gina disse...

Quando a Welse publicou essa receita, não vi, mas fiquei muito interessada por esse processo diferente. E pão é bom demais da conta, como ela costumava dizer.
Escolhi as rosquinhas de coco da Welse para prestigiá-la.
Ela está recebendo nosso carinho nesse dia festivo, numa merecida homenagem.
Bom domingo!

D Augusto disse...

Morro de vontade de fazer esse pãozinho tb. Vi a Welse fazendo, vi a Ana Maria, vi vc agora. Só falta a corangem rsrsrs.

Mi disse...

Não me escrevi, mas também tomei a iniciativa de participar da blogagem coletiva.

A Welze foi um presente que ganhei da blogsfera. Aprendi muito com ela. Parabéns pela homenagem - ela merecida, teria esperado ansiosamente este dia, pois ela adorava fazer aniversário. Bjs

Cucla disse...

Adorei a sua Cuclinha...faço bom grado que eternize essa forma carinhosa de chamá-la.
Outro dia esse pão apareceu na Ana Maria Braga e eis que cai no chororo de emoção...
Como disse para as outras queridas, já estou aguardando o sedex com um pedaço dessa maravilha....bjo

angela disse...

todos que estão participando desta BC foram tocados, de alguma forma, pelo carisma desta cronista apaixonada, que passou muito brevemente pelas nossas vidas, mas passou de uma forma tão intensa, que deixou marcas de carinho espalhadas por aqui e acolá.
agradeço a sua participação, sua homenagem, me emocionei com ela demais da conta, como diria Welze. sendo fiel a minha tão querida amiga, peço que jamais se esqueçam disto:

O importante é ser feliz.
Isso é um direito, um dever de todos nós.
É uma questão de sobrevida.
Não imagino uma vida sem felicidade.
Welze
grata de coração e um beijo
angela
ps. por favor me desculpem por ser uma msge unica para todos os blogs,mas rogo que me entendam, pois é exatamente isto que gostaria de dizer a todos.

Progresso

NeoCounter