domingo, 16 de outubro de 2011

QUANTIDADES...

Oi pessoas!

Hoje quero falar sobre um problema muito comum que várias pessoas enfrentam quando estão "de dieta" ou tentando se reeducar.
QUANTIDADES!!!

Sabe, a minha qualidade na alimentação mudou muito nos últimos anos desde que decidi me reeducar e claro, emagrecer!
Isso nem preciso discutir, já que hoje me considero super natureba.
Ainda como vez ou outra uma besteira?
LÓOOOOGICO.
Mas comparado a anos atrás, sou um exemplo a seguir, rsrs.

Já no quesito QUANTIDADE... aff que isso é uma briga diária na minha vida.

Na época que iniciei o processo de emagrecimento (início de 2008), além de reeducar as qualidades do que mandava pra dentro, mudei bastante as quantidades.
Pra emagrecer, além de me alimentar melhor eu precisaria comer menos! Claro!
E assim foi.

Dai que até cheguei num peso muito bom pro meu tamanho - 57 kilos e qualquer coisa e fiquei bem feliz.
Feliz e sem vergonha, rsrs.

Tanto que estou com 6 kilos a mais (e sete a menos do início de tudo!) depois de tanto esforço!
E faz um tempão que tento mudar isso, mas confesso que não é fácil.
Não basta ter VERGONHA NA CARA... o negócio é bem mais complexo viu...

Quantidades sempre foi um desafio porque eu gosto de comer e isso é difícil controlar.
Mesmo que seja uma salada de folhas, eu não me contento com menos que uma travessa cheia, entenderam?
Tudo bem, salada não faz mal, dirão alguns...
Mas e quando é outro alimento mais calórico, hein?
Ai, fode tudo!

Pão é um alimento que eu adoro. Estou evitando porquê?
Porque eu não me contento com menos que dois!
O mesmo vale pro arroz, pro feijão e tantas outras coisas...

Claro que no auge da dieta, quando eu precisava emagrecer,  colocava menores quantidades no prato... só que hoje tá tão difícil...
E pra não correr o risco, eu prefiro sinceramente deixar essas coisas de lado.
Não é radicalismo não, é bom senso.
Se eu não consigo comer menos porque os óios não deixam, melhor é tirar de vez.

Estou tentando melhorar a cada dia, mas admito minha fraqueza nesse lance de quantidades...
Se não fosse isso, certamente não teria adquirido os kilos de volta e talvez tivesse mantido o peso que conquistei tão suadamente, rsrs.

Mas não adianta chorar.
O jeito é correr atrás do preju e mandar embora esses 6 kilos e se der, mais alguns.

63 não quero mais vc. Feio! rsrs.

É isso gente.

Volto depois.

Beijos.

Nenhum comentário:

Progresso

NeoCounter