segunda-feira, 10 de maio de 2010

Notícias


Oi crianças!!

Voltei e espero aparecer com maior freqüência.

Sinto falta de quando tinha mais tempo pra postar...

Bem, ontem foi meu dia e de todas as mães. Tomara que todas tenham tido um dia ótimo, assim como o meu. Ganhei beijos, abraços e café da manhã na cama.

Como já devo ter dito por aqui, não tenho mais meus pais.

Mamãe faleceu a 7 anos.

Sinto muita sua falta. Gostaria muito que ela tivesse tido tempo de conhecer a neta. Acredito que seriam boas amigas, rsrs.

Ontem almoçamos na sogra. Fizeram feijoada. O tempo ajudou, fez frio.

Dei um liquidificador de presente, pois dias atrás o dela quebrou e ela insinuou que queria comprar outro. Então achei melhor dar um novo.

Comemos e fomos embora logo. Muito frio, eu estava sem blusa e ainda tinha coisas pra fazer, pintar as unhas, escovar cabelos...

Comi pouco. Bem menos do que naturalmente comeria e senti azia a tarde toda.

Antes de deitar, lá pras 22:00, senti enjôo.

Avisei marido que não estava legal e fui pro banheiro. Vomitei tudo.

Quase 11 da noite e eu lavando banheiro. Fiz a maior lambança, credo.

Vomitei, melhorei.

Tomei outro banho e fui dormir.

Hoje cedo, depois do banho quentinho, fui pegar uma calça que fazia tempos que não usava.

Fechou?

Claro que não né...

Merda!

Venho notando que embora o peso permaneça inalterado (61 kilos), algumas gorduras se localizam na barriga.

Engraçado, tem dias que a acho enorme, tem dias que fica retinha...

Daí que a calça não fechou e eu fiquei emputecida.

Daí que resolvi que preciso mudar isso.

O frio chegou e nessa época acabamos comendo mais... então ou eu fecho a bocona ou estarei imensa quando o inverno acabar. E isso, definitivamente eu não quero.

Semana passada, após ler sobre os comedores compulsivos anônimos no blog da Lisandra, resolvi entrar no site.

Adicionei o cca no meu email do MSN e entrei na reunião on line.

Olha, é interessante, mas achei tudo muito confuso. Talvez por ser a primeira vez... quem sabe na próxima melhore. Fiquei boiando, rsrs.

Daí vão me perguntar: Mas vc é uma comedora compulsiva??

E eu respondo: Sou sim, admito.

Ainda tenho minhas crises compulsivas como no passado.

Melhorei bastante nesses dois anos de RA, mas ainda falta muito o que mudar na minha cabeça gorda.

Teoricamente eu sei tudo, mas botar em prática nem sempre é tão fácil...

Consigo na maioria do tempo, o que já é algo considerável, mas confesso que tenho meus momentos de gula, de querer comer e comer e comer.

Claro que também não faço isso com freqüência, até pq não cabe muita comida de uma vez, diferente de antes, que eu comia e comia até encher mesmo. Preciso melhorar e sei que posso.


Eu queria tanto uma máquina de fazer pão... sonhava com ela e com as delícias que pretendia fazer. Pães quentinhos... Humm... eu adoro pão.

Daí que sábado marido perguntou se eu queria uma e respondi que não. Não agora.

Acho que o estrago seria grande, melhor não facilitar.

Sei o quanto adoro um pão e ela viria numa péssima hora.

E tive certeza hoje quando a calça não fechou.

A partir de hoje comecei a reduzir pães e massas. Não vou ficar sem comer. Apenas reduzir.

Vamos ver semana que vem como estará o peso e se a barriga diminui e quem sabe, se a calça fecha, hehe.

Sobre o post da semana passada...

Sabe gente, 20 anos de casamento é uma delícia. Vc conhece cada defeito do outro, e também as qualidades.

Só que depois de tantos anos, os defeitos acabam ficando mais evidentes, rsrs.

E confesso que teve dias que quis matar meu marido.

E ele cisma de mostrar esses defeitos bem nos dias de TPM.

E CONFESSO que tirei minha aliança e tudo naquele dia...

Mas não me separei, e está tudo bem.

Claro que fiquei dias e dias “de bode”, super pra baixo mesmo, tentando decidir se acabava tudo de uma vez, se tentava novamente... Dias turbulentos.

Minha TPM piorou muito e preciso urgente comprar e voltar a tomar passiflora.

Deixei de tomar, fui esquecendo e os nervos ficam a flor da pele.

Parece coisa de doido sabe... mas nem ouso dizer os pensamentos que tenho nesse período.

Parece que outra Andrea toma conta do meu corpo, da minha cabeça.

Já anotei na agenda pra falar com o Dr. Na próxima consulta. Mesmo assim, por precaução, vou voltar com a passiflora. Quero ficar livre disso nesse mês.

Agradeço a todas as fofas que se preocuparam.

Obrigada queridas, saber que vcs se importam com essa pessoa amalucada aqui, me deixa muito feliz. De verdade.

Também me preocupo com cada uma e muitas vezes, não comento pq fico com receio de atrapalhar... Vcs me entendem né?

E é isso gente.

Tá tudo beleza aqui (tirando aquela calça que não entrou, merda!). E irá melhorar pq decidi que quero mandar essas gorduras embora.

Chega, demorou, fiz corpo mole demais.

Agora é sério.

Sem radicalismos, mas com firmeza.

Volto depois tá?

BEIJOSSSS.

3 comentários:

Gisele disse...

Fico feliz que está tudo bem, na minha TPM incorporo outra Gisele também e esse mês fiquei 3 dias sem falar com o marido, acredita, ai passou e voltei a ser legal, coitado!
A medica tinha me passado ac, falou que melhora, ah melherou nada não, essa passiflora não está resolvendo também, não sei mais oque fazer, pq nem eu me aguento, fico insuportavel e com vontade de largar tudo!
Como pode??
Mesmo a gente sabendo que é so TPM, não adianta e todo me sum sofrimento sem fim.
Busque ajuda sim pq ninguem merece passar por isso!

bjs!

Teresinha disse...

Eu entrei no Comedores Compulsivos Anónimos e quilo era uma enchurrada de correios que era imposível responder. E ademais tudo era muito dramático e eu tenho uma perspectiva mais leve da vida, mais racional e menos emocional. Antes de terminar a semana me retirei. Acho que com o seu pêso é impossível que você seja uma comedora compulsiva. Nós os comedores compulsivos aumentamos até dois kilos en uma noite de comilança. Beliscar un pouquinho aquí e alí não é ser un comedor compulsivo. Acho que o que está acontecendo é que você está muito próxima ao seu pêso ideal e fica muito mais lento emagrecer. Não desespere. Faça ênfase en uma alimentação saudável e não fique contando muito as calorías.

Un abraço grande. Adorei o seu post.

Mary disse...

Amada,
minha relação com a comida é realmente complicada. Adoro comer, adoro carboidratos e me descontrolo em situações de festas e de oferta de comida sem porções discriminadas.
É difícil, mas tenho mantido o controle do peso.
Vamos juntas porque sozinhas é muito mais difícil.
Beijo enorme.
=)

Progresso

NeoCounter