quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Vivendo E Aprendendo


Oi pessoas queridas!!



Demorei mas apareci.
Confesso que faz dias que me sinto meio desanimadinha, sem vontade de postar... nem visitas tenho feito ultimamente...
Tive (e ainda tenho!) alguns problemas pessoais (e profissionais) que me tiraram um pouco o brilho, hehe.
Mas, apesar desses “pequenos” contratempos, estou bem.
Fiquei caidinha, é bem verdade, mas estou bem na medida do possível.
Os problemas se ajeitam (OU NÃO!) com o tempo.
Mas querem saber? Estou nem aí.
Liguei o Foda-se e me sinto muito bem.

A alimentação está boa.
Tenho anotado tudo, mesmo achando um saco.
É bom pq tem dias que ultrapasso as notas e dá pra ver onde a coisa tá errada.
Difícil é consertar, rsrs, mas tenho me empenhado muito e os 2 kilos que “ganhei” nas festas já foram.
Sim. Parece incrível mas consegui.
Boa parte acho que era líquido acumulado, mas tinha umas “banhas” que não estavam antes e que me incomodaram bastante.
Peguei firme e mandei tudo embora.
Na balança o resultado foi 59. Nas roupas está tudo normal e respiro aliviada.

Tem feito um calor absurdo em SP e confesso também que estou passando longe dos exercícios.
A única coisa que faço é bater perna no meu almoço.
Aqui em Lost (já estou me habituando ao lugar) tem muitas subidas e descidas. As ruas são ladeiras e dá pra caminhar legal.
Todos os dias andamos (cunhada e eu) por 40 minutos.
Tem também um comércio bem agitado por aqui e conheci uma lojinha que vou virar freguesa.
Já comprei duas blusinhas lá.
E deixa eu contar uma coisa boa: paguei R$12,00 cada uma e adivinhem o tamanho? P!!
Minha cunhada até olhou assim, meio torto e perguntou: vc vai levar P??
Respondi que sim e ficaram lindinhas, tanto que já usei as duas.
São blusinhas simples, sem marca, mas muito bem feitinhas e bonitinhas. Tecido bom e caiu direitinho, isso que importa.

Este ano decidi que vou emagrecer o que falta.
Não tem jeito, eu quero muito isso e já enrolei demais.
Saber o que pode eu sei, o que devo evitar também.
É complicado pôr em prática, mas vejam só: decidi que ia eliminar os 2 kilos que ganhei nas festas e em 20 dias eles se foram.
Porque teimamos em complicar as coisas né?

Mudei bastante desde o início da minha RA e sei que posso mudar e melhorar muito.

O mais difícil pra mim, ainda, são as quantidades.
Não tem jeito: quando como algo muito gostoso, geralmente a quantidade é extrapolada.
Não sempre, mas muitas vezes.
Qual seria a solução? Comer só coisas sem graça? Não né!!
Tenho comido de tudo. Tudo mesmo.
Vez ou outra me permito comer alguma bobagem entre as refeições, mas como só se for algo que não prejudique tanto esse processo de emagrecimento e se realmente estiver a fim.
Tem sido muito comum aqui no trabalho, rolar um lanchinho a tarde.
Trago sempre alguma fruta, ou suco.
E já trago tudo pronto pra comer.
No caso das frutas, as laranjas já trago descascadas, frutas lavadas e os sucos, coloco em garrafinhas.
Só que os lanchinhos aqui são bem calóricos e do tipo: nada que se aproveite.
A tarde é um tal de croc-croc pra lá e pra cá. Só vejo o pessoal nos salgadinhos, nas bolachas, biscoitos e doces.
Mas como disse, vez ou outra pego alguma dessas guloseimas e como. Não todos os dias pq ainda não fiquei louca, mas como.
Essa semana eu comi umas 10 balinhas de goma de um e ontem 6 Doritos de outro.
Não sei o que vai rolar hoje, mas já deixei uma laranja descascada bem aqui na minha mesa.
Engraçado é que antigamente eu via os outros comendo e me dava vontade de comer também
Hoje não. Eles comem na minha frente, oferecem e só falta, juro mesmo, colocar na minha boca.
Tipo assim: come também pra engordar.
Mas como disse, só pego se achar realmente que vale o risco.

Hoje cedo tive uma reunião com chefe.
Tempos atrás eu sairia acabada, pq o stress rola solto aqui, e com certeza comeria as paredes de nervoso.
Hoje não, tô hiper calma.
Compreendi que não adianta dar murro em ponta de faca. Nem chutar cachorro morto, sabe como é?
Deixa rolar...

Não tenho tido tempo pra fazer visitas e muito menos comentar.
Estou em falta com todas, me perdoem.
Quando dá eu olho as atualizações, corro e leio rapidinho, mas nem dá pra comentar.
Estou me empenhando bastante no trabalho pq faz as horas passarem rápido e não penso muito em comida, hehe.

Minha relação com a comida é tranqüila hoje.
Já tive tempos difíceis... tempos em que pensava muito em comer e comia muito.
Hoje penso sim, mas de uma maneira saudável.
Eu preciso da comida pra viver.
É gostosa? Sim. Mas posso me contentar com quantidades menores...
Nem sempre é fácil, mas consigo.
Um dia de cada vez.
Tem dias que quero comer o mundo? Tem. Mas geralmente paro na metade.
São conquistas e fico feliz a cada uma delas.

Estou tentando reeducar minha mastigação e confesso proceis que é bem mais difícil do que imaginei.
Antes da RA, simplesmente engolia os alimentos.
Um prato de comida por exemplo, dos grandes, eu comia em dois minutos.
Fui melhorando e passei pra 5 minutos no prato menor. Depois 10.
E foi o máximo.
Hoje estou tentando me adaptar e comer em 20 minutos, mastigando por pelo menos 20 vezes a comida.
Gente, é muito difícil!
Algumas coisas tipo, saladas, vegetais crus e arroz ainda vai. A gente mastiga muito e tudo bem.
Mas vai fazer isso com a carne. Com o pão, torrada, presunto, macarrão, queijo. Vai. Faz pra entender o que eu quero dizer.
Pra quem já tá acostumado é fácil. Pra mim não.

Tenho uma sobrinha que é só osso de tão magra. Ela é filha do meu sobrinho na verdade.
Pensa numa menina magrinha? É ela.
Outro dia dei banho nela e na Ana.
G-ZUIS! Que diferença na hora de secar e trocar.
A Ana é toda fofa, coxinhas grossas, toda fofa, gostosa. A menina toda magrelinha, dava até medo de passar a toalha.
Achei graça, é diferente né? Dai  fiquei observando o comportamento da menina.
Dei comida e ela levou mais de meia hora pra comer um tico de comida!
Ela coloca uma porção na boca e lentamente mastiga.
Observei meio de longe... mais de 30 mastigadas, com certeza. Dá até agonia, rsrs.
É... vivendo, vendo e aprendendo.
Essa menina nunca será obesa!
Aninha mastiga bem, mas come muito mais.

De qualquer forma, estou tentando aumentar o número de mastigadas e o tempo pra acabar.
Mas que é difícil levar 20 minutos comendo 2 colheres de arroz e 2 de feijão, carne e salada, ah, isso é!
Chega a ser ridículo, rsrs.

Mas vamos levando, aprendendo um pouco cada dia e compartilhando.
Hoje acredito que querer é poder sim. Em algumas situações, claro.

Então eu quero e eu posso emagrecer o que falta.
E vou conseguir, podem acreditar!

Beijos pra todos e assim que tiver uma folga, apareço no seu canto, tá?

5 comentários:

Mislene Alvino disse...

Oi menina,
é estranho mesmo e dificil mastigar muitas vezes. eu ja tentei, mas confesso não consegui(rss).

Bjs.

Valérie Roberto disse...

Meu Deus quanta coisa! rrsr

Tô atrasadérrima com as visitas como vc, mas vamos levando.

"Me li" várias vezes em seu post. Como agente muda né? Nossa...

Quanto a comer coisas gostosas eu ia te sugerir comê-las bem devagar, mas nem preciso dizer,vcjá está fazendo.

Mastigar não é fácil mesmo, tenho dificuldade ainda, depois de um ano do processo, mas é essencial. Essencial para boa digestão,para boa absorção e para o controle da quantidade de alimento.

Continue insistindo que vc consegue!

Um beijo minha linda, fico feliz em te encontrar bem apesar dos percalços

disse...

Hehehe, prá quem estava desanimadinha, escreveu bastante, hein? rsrsrrs Confesso que só li metade do post, mas estou com você: vamos emagrecer o que falta e fim de papo.
Bjs e ótimo 2010.

Rebecca - Sou Vigilante disse...

Esse lance de mastigar pra mim é mole, sempre demorei horrores pra comer e todo mundo ria de mim, hoje em dia, todas as minhas amigas roliças querem comer devagarzinho e nao conseguem... risos!

Bem, vamos as perguntas:
Tô aproveitando demais minhas férias, to dormindo até as 13h. Maravilha!!!
O esmalte é lindo mesmo, mas ta longe de ser o meu vermelho preferido.
Quanto ao encontro, simples! Marca-se o lugar e se aparece lá. Simples assim, risos! Como vc vai saber se são as pessoas certas? Mais facil ainda, onde tiver umas gordinhas reunidas, é lá! Agora de boa, vc sempre vai saber onde ta o povo, tipos, marca na marquise do ibirapuera, o grupinho que tiver conversando serelepe, é ali o encontro. Vc vai ter contato com pessoas que vc conversa por blog. A gente sempre tem mais afinidade com uma ou outra blogueira. Daí nasce uma amizade real. [ou morre a virtual e nao nasce nada, hahaha!]

è isso!
Bjs!!!

Valérie Roberto disse...

Obrigada minha linda pelo carinho!!!

Sabe, eu falo em 10 quilos porque 65 é um marco, mas se antes disso eu achar que tá legal. Paro por ali mesmo heheh

Beijão!

Progresso

NeoCounter