quinta-feira, 12 de março de 2009

A comida e eu


Oiii

Sabe, antes eu tinha uma compulsão absurda por comida. Ficava preocupada com o que comer, quando comer, e depois de ter comido, ainda me preocupava com o que ia comer mais tarde. Era quase uma tara, rsrs. Sabe quando parece que a comida vai acabar?? Me sentia assim.

Vivi esse dilema por tantos anos que foi só ontem que eu cai na real: a tara acabou!!!!!!

Já faz uns 4 meses que a comida deixou de ser prioridade na minha vida.

Não tinha notado ainda, mas ontem posso dizer que acordei!

Sei que as vezes faço coisas erradas, como ficar mais tempo sem comer por exemplo. Mas é que as vezes não dá tempo mesmo e quando percebo, já foi.

Ontem não tomei café da manhã. Errado, eu sei. Fui acompanhar meu cunhado ao médico e só cheguei no trabalho 10:00h.

Almoçei meio dia e depois, não tive tempo de comer mais nada. Já comentei que por aqui tá muito trabalho né? Então, não deu mesmo. E nem lembrei de comida.

A noite foi que percebi que eu tinha comido só no almoço e a quantidade foi a suficiente pra alimentar, nada mais.

Passei no mercado e senti tonturas, dor de cabeça... era falta de comida!

Fui pra casa e tratei de comer. A tontura passou e a dor de cabeça também.

Resumindo: em outros tempos, eu jamais iria esquecer da comida. Daria um jeito e ia comer, mesmo que fosse um monte de bobagens, eu ia comer e pronto. Ficar sem comer é que eu não ficava. Agora... até esqueço.

Logo que comi ontem, já fiquei bem. Fiz uma torta pra tomar café hoje. Comi um pedaço ontem. Só um pedaço. Em outros tempos, teria comido metade da forma, rsrs.

Sinto que a relação com a comida hoje é menos conflitante. Não fico agoniada hoje por não comer metade do bolo, ou por não comer 3 pãezinhos de manhã. Sei que a comida do mundo não vai acabar!!!!

Hoje eu consigo olhar normalmente pra vitrine de bolos lá do Extra, sem levar nenhum. Passo tranquilamente pelo corredor de doces e bolachas sem colocar nada no carrinho e quando isso acontece, levo em quantidades suficientes pras crianças comerem.

Hoje, não detono um pacote de bolacha recheadas. Pra ser sincera, não sinto nem vontade de comer mais isso. E olha que eu comia o pacote inteirinho! Ficava com a língua engordurada, pq o recheio da bolacha é gordurento. Pode ser a bolacha mais cara, é gordurento e pronto!

Hoje eu consigo colocar no meu prato uma quantidade muito menor de comida e não repito o prato!

Alguns meses atrás, meu prato era sempre cheio...

Conclui que não foi só o peso que diminuiu. Minha ansiedade, minha gula diminuiram também.

Mas, sei que o problema com a obesidade será pra sempre. Ou eu cuido, ou eu cuido. Senão, voltarei a ficar gorda. Só depende de mim.

E hoje, posso afirmar e garantir: estou no controle da situação!!!!

Espero permanecer assim por muito tempo.

Beijossssss.

Um comentário:

Gostosura disse...

este é meu sonho de consumo, lindona, ter o controle da situação
beijinhos

Progresso

NeoCounter