segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Final de Semana...

Oiiii!!!!!!
Estive olhando alguns blogs e pude notar que a grande maioria das pessoas tem um problema com os finais de semana. Muitos dizem que final de semana = jacadas.
Bem, talvez não seja a pessoa mais indicada pra dar palpites, até pq tenho também uma certa dificuldade em controlar as coisas nesses dias, mas posso comentar aqui o que tenho feito pra reverter essa situação.
Uns meses atrás era bem mais complicado... hoje já tenho quase que 100% do controle sobre o que como no sábado e domingo.
Adotei a técnica do planejamento.
Não, eu não anoto nada. Uso o bom senso e a lei da compensação. Explico:
Tudo começa na sexta a noite...
Em casa, como na maioria das casas, sexta a noite não se janta.
Optamos por coisas mais práticas, como lanche, pizza, etc. Nada que dê muito trabalho, afinal, trabalhamos a semana inteira e merecemos um descanso sexta a noite, hehe.
Em casa eu optei por lanches.
Geralmente eles pedem o Mac Mãe. Mac mãe pra quem não conhece é um lanche feito pela mãe que leva os seguintes ingredientes:
Pão de hambúrguer
2 hamburgueres para cada lanche
Queijo mussarela, ou requeijão
Presunto (se tiver)
Ovo frito (quando pedem)
Tomate
Muita alface
Um pouco de maionese Hellmans's de limão
Mostarda
Ketchup
Batata frita pra acompanhar. Suco de frutas.

Os hamburgueres eu primeiro coloco congelado mesmo por 1 minuto no microondas e depois frito na frigideira SEM ÓLEO.
Primeiro eu frito tudo e só depois eu monto os lanches. Meu marido e meu filho comem dois e a menina come 1 inteiro. E EU??????????????????
Bem, optei por comer com eles. Só fiz algumas adaptações pro lanche ficar menos calórico, rsrs.
O meu é assim: Faço o hambúrguer igual, só que ao invés de comer o de carne, eu uso o de frango. Eles não gostam muito, falam que não tem gosto...
Coloco no microondas e frito na frigideira sem óleo. Daí, coloco num prato. Geralmente eu como 2 hamburgueres acompanhado de um pouco de maionese e requeijão (1 colher de sopa cada) e pingo umas gotas de ketchup. Ou então, frito um ovo sem óleo também e substituo por um deles. Faço uma tigelinha de salada à parte e como com eles.
Assim, não fico com vontade e evito os famosos desastres depois.
Ah, não como as batatas (não sinto mais vontade, até pq sou eu quem frita e só de ver aquele monte de batata boiando no óleo... eca) E detalhe: fritura lá em casa, só nesse dia mesmo!

Aos sábados, geralmente almoçamos normalmente. Mas o que fazer à noite????
Sábado a noite é complicado!!!!!!!!!!!!
O jeito é: PEDIR PIZZA! Ou, fazer alguma coisa que geralmente tem o mesmo valor calórico (até pq nutritivo é impossível!!)
Como estamos cansados, é só ligar e pedir.
Aí, geralmente vem... duas caixas fumegantes, com aquele cheiro tão conhecido...
Confesso que é complicado resistir...
1 fatia?? é... uma fatia... Só que uma fatia NÃO MATA A VONTADE!!!!!!!!!!
O que eu faço:
Bem, ultimamente adotei uma nova técnica que está funcionando.
Percebí que comer pizza com as mãos (que é uma delícia...) não dá muito certo comigo. Já notaram que o cheiro da pizza fica nos dedos e mesmo que lave, não saí???
Pois é... definitivamente, comer pizza com as mãos NÃO DÁ!
Adotei a seguinte tática:
Peço pro marido colocar 1 ou duas fatias da pizza num prato, secar o azeite com papel toalha e me levar na sala. Quanto menor o contato com as caixas, menor o risco de cair em tentação.
Tá funcionando. Como com garfo e faca e fico apenas nessas quantidades.

Ah, sábado não teve pizza. Fiz hamburgueres novamente. Só que optei por comer uma salada caprichada. Tomate, pepino, salsão, cebola e salsa desidratada, azeite, sal e limão.
Não me perguntem como - EU CONSEGUI!!

Aos domingos...
Geralmente tomamos café juntos.
Coloco a mesa com tudo que eles comem. Pão, bisnaguinhas, bolachas, margarina, requeijão, frios (se tiver), leite, chocolate e café.
Sirvo tudo e vou preparar o meu.
Geralmente ou como pão integral (2 fatias), ou torrada, ou pão na chapa (1 pãozinho).
Tomo café com adoçante (Faço o suficiente para duas xícaras, uma pra mim e uma pro marido). Raramente coloco leite, só se der muita vontade...
Sento e como calmamente. Assim qua acabo, levanto e já vou lavar a louça. As vezes como uma bolacha recheada. Achei uma light e como é caro pacas, deixo num vidro e como em doses homeopáticas, rsrs. Ou então, um iogurte.
Geralmente após o café, vamos à feira e na volta, já inicio o almoço.
As vezes eu faço macarrão com molho bolonhesa (carne, cenoura e berinjela). Geralmente é arroz, feijão, carne assada e muita salada, crua e cozida. Maionese, faz séculos que não faço.
Ontem eu fiz: Arroz branco, feijão preto, Lombo assado, purê de abóbora e saladas de: repolho, cenoura, beterraba e couve cruas; salada de couve flor, brócolis e cenoura no vapor; chuchu no vapor; pepino com tomate.
Almoçamos às 14:00h e todos adoraram a mesa, ficou bem colorida.

E é assim que tenho feito pra driblar as tentações.
Fácil não é, mas pelo menos estou tentando.

Resultado do final de semana: Dentro do esperado, rsrs.

Beijos, vou almoçar!!!!

3 comentários:

Areta disse...

Eita... só de ler a postagem me deu uma fomeeee!!!! kkkk

Muito bem, está aprendendo a substituir coisas engordiets por menos engordiets, kkk!!!

Verdade, comer pizza com as mãos fica o cheiro da danadinha mesmo, por mais que a gente lave, passe cremes... aff, só pra ficar nos tentando a comer mais!!! kkk

Boa semana procês, beijos!!!

disse...

É isso aí, Andrea, temos que criar mecanismos que nos ajudem a controlar, mas que ao mesmo tempo não nos afaste do convívio familiar. Vou adotar essa do marido me servir a pizza na sala, hehehehe. Bjs e ótima semana. Zá.

Gi. disse...

Uauuuu.
Adorei suas táticas, terei que adaptar as minhas que nunca funcionam.
Parabens pelas táticas.

BJOO:)

Progresso

NeoCounter