segunda-feira, 9 de junho de 2008

14º, 15º e 16º DIA

Oiiiii.
Tava com saudade de postar, rsrs.
Bem,quanto à RA... sábado foi bom, ontem foi regular e hoje será ótimo!
Pra variar, empaquei de vez no peso, mesmo tendo feito tudo como deveria... Estou desconfiada que seja a pílula. Faz 4 meses que comecei tomar e desde então, ou eu engordo 1 kilo, ou fico empacada no mesmo peso. Vou fazer um teste pra ver se é isso mesmo.
Bem, ontem foi aniversário da minha filhota. Minha sogra fez questão de fazer bolo e eu fiz umas besteirinhas, que é claro, comi.
Aproveitei pra dar uns 1000 beijos a mais do que sempre dou na garota, dei toda minha atenção pra ela, embora ela estivesse mais interessada em brincar e aproveitar o seu dia, rsrs.
Fiquei meio estranha ontem... fiquei lembrando do dia em que ela nasceu...
Sabe, eu nunca imaginei ser mãe de uma menininha.
Quando ela veio, meu filho já tinha 7 anos e eu achava que se engravidasse novamente, seria outro menino.
Foi uma alegria imensa quando ela chegou.
Sei que foge um pouco do tema do blog, mas deixa eu contar como foi o nascimento dela...
Era um sábado, 07 de junho de 2003 e embora eu estivesse com 36 semanas de gestação, sentí que logo a minha pequena daria o ar da graça.
Passei o sábado com desconforto e na madrugada do dia 08, domingo, levantei pra ir ao banheiro e a bolsa rompeu. Foram litros de água no chão, mas não me assustei. Acordei o marido, tomei banho e fomos pra maternidade.
Chegando lá, uma vaca (coitada da vaca animal...) me examinou e disse pra eu voltar pra casa, pq estava tudo perfeito. Ainda retruquei que havia saído litros de água e ela disse que não. Que ódio!! A vaca estava dormindo e me examinou de qualquer jeito...
Fui pra casa contrariada e não dormi o resto da noite. Já pela manhã, voltei bem cedo ao hospital e fui atendida por outro médico, que ao me examinar pediu ultra-som e pediu pra que me internasse na mesma hora.
Ele confirmou que eu estava sem líquido mesmo, mas que aguardaria algumas horas pra ver se eu entrava em trabalho de parto. Eu fiquei mais tranquila, pq sei que podemos ficar até 24h com a bolsa rota.
Só não fiquei tranquila quando ele pediu o ultrassom. Depois ele me explicou que era pra ver a idade da criança e ele confirmou que tinha aproximadamente 36 semanas. Aí veio o susto... ele me disse que nessa fase o pulmão da criança é muito frágil e era arriscado deixá-la nascer, porém tinha o agravante da bolsa ter rompido... resumindo: ele quiz me dizer que faria o parto, pq não tinha jeito, mas que eu ficasse ciente que minha filha poderia nascer com algum problema e tal...
Embora esse médico tenha sido bem mais atencioso que a vaca da madrugada, não gostei da observação dele, pois tinha certeza que minha filha era perfeita.
Esse médico ainda me segurou o dia inteiro na sala de pré-parto e a noite, meu marido fez um barraco e ele decidiu me operar.
Fui pra sala de cirurgia e outra vaca apareceu. Acreditem, a filha duma puta da auxiliar de enfermagem, foi me preparar e simplesmente jogou povidine solução alcóolica em mim, pra fazer a higiene e colocar a sonda!!!
Gente, eu também sou auxiliar de enfermagem!!!! E nunca ví uma pessoa se enganar assim. Ela deveria ter usado uma solução detergente e não alcóolica! Imaginem a dor que eu sentí quando a mesma vaca introduziu a sonda! E ainda ficou brava pq eu levantei o traseiro da maca. Eu olhei bem nos olhos dela e só falei assim; Colega, fica de boa que eu também sou auxiliar e posso comunicar à direção o seu pequeno erro! Ou vc acha que povidine alcóolico não queima?
Vixe!! a menina ficou mudinha.
Cacete, a gente paga e ainda é tratada assim? Acho que nem no público o descaso seria tanto.
Enfim, fui pra sala de cirurgia.
Fui anestesiada (que medo da porra!!!!!!) e o médico (aquele, que ficou me assustando) ainda repetiu assim: seja o que Deus quiser.
Mas eu tava tão confiante que fingi não ouvir. E a cirurgia começou...
Gente, quando eu falo ninguém acredita: EU OUVI MINHA FILHA CHORAR AINDA DENTRO DE MIM. Foi uma emoção que não é possível explicar.
Aí, quando ele a tirou, só ouvi ele dizendo: nossa, ela é grande, rsrs.
Foi uma das emoções mais fortes que sentí na vida!
A enfermeira passou com ela ao meu lado, me mostrou e eu pensei: que feinha, rsrs. E desabei a chorar e tremer.
Enquanto limpavam ela, o médico fazia a incisão e foi conversando comigo... ele se disse surpreso, pq geralmente crianças nessa idade gestacional, apresentam complicações. Eu falei pra ele que existiam excessões e que eu sabia que ela era perfeita! Ele riu e continuou a costurar.
Fui pro quarto e fiquei assistindo Fantástico e alguns minutos depois me levaram "o pacotinho", rsrs.
Colocaram ela sobre meu corpo, peladinha e ainda com aquela camadinha de gordura. Ficamos grudadinhas, ela tentou mamar (só machucou o bico) e como tava difícil, dormiu. Naquele primeiro contato, devo ter dado uns 1000 beijos naquela carinha, que agora não era feinha, era a carinha mais linda do mundo!!!!!
Quando a levaram pra dar banho, já estava clareando o dia e ela deixou toda aquela meleca em mim, rsrs.
Aí eu dormi e só acordei pra tomar café, tomar banho e esperar que ela voltasse, já vestidinha e limpinha.
O dia do nascimento dela foi mágico! Acho que por isso, a cada ano nessa data eu fique pensativa...
Tanto que ontem nem quis postar. Foi um dia único, um dia só meu, entendem??
Bem, é isso.
Deixa eu trabalhar... amanhã eu volto.
Foi gostoso relembrar.
Fuii.

9 comentários:

Em busca da auto estima perdida disse...

Poxa, que história linda , eu fico imaginando o dia que tiver o meu ( Não tenho filhos ainda) Olha quanto a certas pessoas que trabalham em hospitais , na área de saúde ... eu não encontro nem palavras pra dizer o que penso !! Tb já passei por algumas pessoas (ginecologistas ) que nem vale a pena eu dizer essas coisas aqui ... Parabéns por sua filha ... Com certeza ela foi um milagre de Deus !! Mts felicidades e saúde pra ela (e pra vc tb ) Bjão e ótima semana !
Gra

Areta disse...

Oi Flor!

Tô aqui deitadinha, hoje pela manhã me desceu e comecei a sentir cólicas, então estou aqui quietinha, nem vou abrir o msn hj, rsrs!

Adorei vc ter contato como foi o nascimento da Aninha, fiquei lembrando do nascimento dos meus pentelhos, rsrs!

Beijos, amanhã eu entro no msn tá!

Gostosura disse...

beijo querida

ser mãe é uma bênção, estou doida pra´curtir este momento.

este é um dos motores da dieta, sabia?
tenho que emagrecer pra´ter uma gestação saudável.
isso para 2009....
mas... não dá prá relaxar agora
beijocas

Tati disse...

Parabéns pra filhota...eu tbm fiz niver neste sabadao hehehe e nem precisa dizer os abusos que cometi neh...enfim vamo que vamo ne miga....gostei de ler um pouco mais da sua historia...é sempre gostoso relembrar.....no caso da minha mamis foi difernte.....eu ja tava passando da hora e minha mae nao sentia nd....por coisa de poucas horas se ela tivesse esperado mais em casa....a pequena aki tinha ido pro beleléu...rs mais qdo Deus quer neh...ninguem pode se intrometer....bjoooooo

Tati disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Miss Butterfly disse...

Parabéns pra sua lindinha! Lindo ler seu relato e ver q vc abstraiu a parte dos médicos sem noção e ficou com a lembrança do encantamento do nascimento da sua filha. Realmente qdo olhamos pro rostinho daquele serzinho q saiu da gente... É um momento mágico! :-) A minha tem 4 anos e babo nela todo dia. Encho de beijos até hj... Boa terça!

Vania disse...

Nossa! Fiquei emocionada! Deve ter sido uma barra, mas depois, uma alegria imensa! Sua filha tem muita sorte por ser sua e vc a amar tanto!

Olha: acho que o blog é para tudo! Foi muito bom ler sua história e isso ajuda a saber quem é você, a pessoa, não somos apenas mulheres que querem emagrecer, somos pessoas cheias de histórias, marcas que dizem muito a respeito do que fazemos!

Ser mão é maravilhoso, fiquei com vontade de engravidar, mas preciso esperar uns 3 anos (rsssssss).

Depender dos cuidados de alguém despreparado, sei bem como é... mas, falemos de você:

Cuida bem da ... sua filhota (rsss pensou que ia dizer RA, né?), e de você também!

Felicidades para todos aí!

disse...

Hahaha, então vc é da turma do "certinho". Coisa de louco. Bacana reviver a história do nascimento da sua princesinha. Eu tb tenho uma (já universitáia, quem diria!). Bjs e felicidades a vc e toda sua linda família. Zá.

Carlinha disse...

Nossa mas que coisa mais linda, meina sou mãe de um folho só, e sonho em ter mais um, tbm lembro cada momento do meu parto e me emociono muito qdo leio de outras pessoas, adoro conversar sobre filhos, sobre ser mãe, enfim...ameiiiii

Progresso

NeoCounter