terça-feira, 20 de novembro de 2012

Parei!!

Oi pessoas!!

Voltei. Rapidinho né? rsrs.

Então... hoje é feriado aqui em SP e alguns estados.
Mas estou aqui, em LOST... sentada, nada pra fazer.
O povo quis assim. Então tá.
Vim, cá estou e resolvi postar e contar algumas coisas.

Ah, fiquei contente em ver o comentário da queridona Cléa (Brechique da Dodoca) que não andava bem, mas está voltando. Torço por vc quérida!!

Bem, deixa eu contar algo sobre minha pessoa que até já comentei, mas poucos sabem.
Eu ODIAVA cigarros. Desde pequena.
Meus pais fumaram a vida toda (morreram aos 52 anos...), quase todos na família fumavam.
E eu ODIAVA!
Espalhava cartazes pela casa de proibido fumar, rsrs.
Detestava quando minha mãe vinha mexer nos meus cabelos com as mãos fedendo cigarro.
Dai fui crescendo e quando conheci meu marido... ele fumava!
E vcs sabem como é o amor... acabei aceitando e me acostumando com o cheiro, a fumaça e depois de algum tempo de namoro... comecei a fumar!
Escondido, claro. Acho que se minha mãe me pegasse com um cigarro na boca me faria engolir, de tanto que eu a azucrinava, kkkkkkkkk. E com razão, rsrs.

Nunca fumei muito e sempre fumei escondido. Tinha muita vergonha.
Fumava por esporte, como dizia meu marido. Ou de sem vergonha mesmo, rsrs.
Nunca gostei do cheiro que ficava impregnado nas roupas, cabelos e mãos!

Fumei durante muitos anos e lembro que decidi parar um ano antes de engravidar da Ana.
Não pq quisesse ou planejasse engravidar. Decidi parar e pronto. Parei.
E fiquei 2 anos sem fumar. Engravidei, ela nasceu e só voltei a fumar quando recomecei a trabalhar.
E isso faz 9 anos!
E desde então já havia tentado parar inúmeras vezes, sem sucesso.
Definitivamente eu já estava viciada e já não era mais sem vergonhice. Era vício mesmo!

Uns dois anos atrás fiz a tentativa de parar, mas consegui apenas diminuir.
Não fumava tanto... uns 6 ou 7 por dia. Todos a noite.

Aqui no trampo, eu ficava o dia inteiro sem fumar. Fumava um assim que chegava em casa e mais uns 5 até dormir.

Nos finais de semana a quantidade aumentava pra uns 10 ou 12 por dia...

Dai que já faz meses que o cheiro do cigarro tem me incomodado. MUITO.
Não sei o que é pior: o cheiro nas mãos, na pele, nos cabelos ou na roupa!
Fora a casa né... eu limpava tudo e depois fumava. Aquele cheiro ruim não saia, aff.

Mas o que definitivamente me fez querer parar de vez foi um comentário dos meus filhos...
Foi mais ou menos assim: Mãe, nós odimos o cheiro que vc fica quando fuma! Quando vc toma banho e lava os cabelos e sai cheirosa, é uma coisa... mas depois que vc fuma, fica FEDIDA!.

Bem... isso foi um mais eficaz que um tapa, rsrs.

Eu não quero ser uma mãe fedida!

E embora faça bem pouco tempo, anuncio que parei de fumar e espero (farei por onde) que seja definitivo!

Não contava que fosse tão difícil desta vez!
Ontem foi o pior dia...
Marido fumou uns 4 cigarros num período de 30 minutos ao meu lado! Acreditam?
Quase dei uma voadora nele, rsrs. Fiquei irritadíssima.
Ele percebeu e saiu de perto, rsrs.
Disse que vai tentar parar também... tomara.

O que eu tenho feito quando bate a vontade??
Sim amigas... essa porra dá uma vontade do cão!
Eu lembro do comentário dos filhos... lembro que ficarei fedendo, lembro que gastei uma grana comprando perfumes e lembro principalmente que se eu fumar um cigarro que seja... me sentirei fracassada.
O vício não pode ser maior que a minha força de vontade!

Poxa, eu já mudei tanto em tantas coisas nesses últimos anos...
Sai da obesidade, emagreci mais de 12 kilos que mantenho com algumas oscilações... parei de comer carne a quase 2 anos, me alimento de forma super saudável (com algumas bobagens pq ninguém é de ferro, rsrs), enfim... posso mudar isso também.

Embora eu fumasse pouca quantidade, tinha notado que ultimamente minha respiração estava bem ofegante E olha que eu nem sou mais gorda como fui hein...
Uma outra coisa que me irritava muito era que quando eu me exercitava e suava (caminhadas, simulador), o cheiro do suor era pura nicotina! Que horror!

Dai que eu acho prudente compartilhar e quero, mais que tudo, conseguir resistir a esse vício horrível!
Não, não sou a ex fumante chata e nem poderia... meu marido fuma na minha frente.
Tenho vontade de fazê-lo engolir o cigarro... brincadeira.
Acho que cada um faz o que quer. Eu não quero mais e pronto.
Não gosto de cheiro, então me afasto enquanto fumam. Simples.
Não fico xingando nem reclamando, como disse, cada um faz o que quer.
Na sala onde trabalho, o povo respeita. Vai fumar lá fora e isso é uma condição que impus desde que viemos pra cá, e quando eu ainda fumava.
Se eu não fumava aqui, pq os outros poderiam??
Coloquei a plaquinha proibido fumar e agora, mais que nunca, ela funcionará.

E é isso gente...
Tô tão feliz em compartilhar isso.
Sei que não será nada fácil... faz poucos dias que parei.. mas vou conseguir e conto com o apoio da galera!

BEIJOS E ÓTIMO FERIADO!!!

Ps: Peso hoje cedo - 60,0. Vixe!





2 comentários:

line disse...

parabéns por tomar essa iniciativa , eu por sorte nao tenho conhecidos que fumem, alias só uma tia .mas seu filho de uma certa forma te estimulou . que vc consiga vencer , acho que é igual a luta que temos pra emagrecer ne ? estou na torcida.

silvane!!! disse...

amiga ,eu tambem comecei a fumar de bobeira ate q viciei nessa porcaria,mas foi ate eu descobrir um cancer maligno de tireoide agravado pelo cigarro ,graças a DEUS fui curada ,mas cigarro nunca mais ,no começo foi terrivel ,mas eu tenho certeza q vc vai conseguir... bjoooo

Progresso

NeoCounter