terça-feira, 1 de setembro de 2009

Outro mês, outra oportunidade!


Novo mês começando. O meu mês. Mês em que nasci.
Será que é por isso que tanta coisa estranha anda acontecendo? Será mesmo que existe inferno astral?
Deve ser...
Mas, deixa os problemas de lado.
Quero viver, quero ser feliz, quero chegar logo na minha meta e ser completamente saudável.
Os problemas resolvo depois, se der.

Bem, domingo tentei fazer nhoque com farinha de arroz.
Comprei 2 kilos, da marca Urbano. Achei no Extra, mas não nesse aqui perto, onde comprei o macarrão (que ainda não fiz). Num outro Extra. Paguei 1,99 também.

Cozinhei as batatas, mandioca, espinafre e fiz duas porções. Uma seria normal e a outra com espinafre.
Tudo feito, a massa ficou razoável.
Filhote fez as bolinhas do nhoque verde (e reclamava a cada bolinha dizendo que ia comer o outro “normal”).
Eu fiquei enrolando a massa “normal”.
Eis que chega na metade das massas, o trem desandou.
Taca mais farinha e nada.
O negócio foi amolecendo e chegou uma hora que virou líquido!
Deu pra fazer uma panela grande de nhoque verde e uma média de nhoque comum.
Tentei salvar a massa colocando na forma pra assar. Mas ficou uma coisa dura, sem graça. Acabou indo pro lixo, com dor no coração.
O que deu pra fazer de bolinhas ficou razoável. Conseguimos comer.
A farinha tem textura de areia e talvez por isso não deu lá muito certo.
Mas, como disse meu filho: ficou comível, hehe.
Ontem procurei no site e lá tem a receita de nhoque de farinha de arroz.
Fiz errado, claro. Devia ter pego a receita.
Mas valeu a tentativa. Na próxima eu acerto, fotografo e mostro pra vcs.
Até tirei foto da massa verde, mas acabei apagando.
Fica pra próxima.

Hoje cedo acordei me sentindo inchada! Fui pesar e marcou 57,5. Tava 57 até outro dia... mas estou tranqüila.
Estou passando por alguns problemas e talvez tenha descuidado um pouco, sei lá.

Daqui 2 semanas faço 37 anos!!!
Sabe, todos os anos quando chega próximo do meu níver, fico pra baixo.
E curiosamente, sempre pelos mesmos motivos... tão estranho isso.
Queria que fosse diferente.

Tem tanta coisa que queria desabafar, mas aqui no blog é meio complicado.
A exposição é algo que me incomoda um pouco e certos assuntos é melhor que fiquem fora.
Acredito que muita gente passe pelos mesmos problemas e que conversar sobre eles fosse uma solução. Mas como?
Ontem tomei uma decisão e vou procurar um grupo de ajuda.
Já me informei sobre como é, onde é e vou.
Não custa nada e quem sabe resolva.

Apesar do turbilhão de sentimentos, dos problemas e tudo mais, me considero uma pessoa feliz.
Tenho uma vida boa. Não sou rica, mas tenho quase tudo que preciso pra viver bem.
Passamos por alguns apertos, claro. Mas nada que um bom controle nos gastos não resolva.
Tenho uma casa bacana, um carro só pra mim.
Tenho um filho lindo, inteligente, meu amigão!! Ele me conhece só pelo olhar. Impressionante a nossa sintonia.
Torço muito pra que ele seja um homem bom. Que seja honesto, trabalhador. Que honre seus compromissos, seja amoroso e não sofra. E principalmente que não faça nenhuma mulher de idiota. Já avisei, hehe.
Ele tem tudo pra ser assim, basta vigiar.
Tenho também uma filha linda, que é minha riqueza, meu presentão que veio na hora mais inesperada e que amo demais.
Também torço muito pra ela seja uma mulher correta e principalmente que seja muito feliz!!

Não tenho muitos amigos, mas os que tenho sabem o quanto são preciosos.
Sou uma pessoa bem reservada. Fechada.
Não sou de sair, de ir na casa dos outros.
Gosto de ficar na minha.
Talvez se tivesse meus pais, fosse diferente. Eu adoraria poder visitá-los, levar os filhos.
Seria tão bom. Como isso me faz falta.

Gosto de ser assim.
Sei que muita gente me critica, fala mal. Diz que eu pareço bicho, só fico em casa.
Mas eu tenho meus motivos.
Eu amo demais.
Eu amo demais e não gosto de dividir. É isso.
E também prefiro evitar conversinhas, fofoquinhas. Isso me irrita muito e quando a família se junta é o que mais acontece.
Prefiro ficar neutra, na minha.

Sei que não agrado alguns familiares do marido, mas são meus únicos contatos e não ter contato do meu lado da família me deixa deprimida.
Sei que não agrado, mas também não faço muita questão.
Eu sou simpática, mas não preciso ficar dando sorrisinhos quando não estou a fim.
É o meu jeito e não preciso me violentar pra agradar os outros.
Se a pessoa merecer, tem minha total confiança, minha amizade pra sempre. Mas se não merecer, não me cobre simpatia, muito menos amizade.
Pode ser que meu jeito afaste as pessoas, mas eu prefiro assim.
Já passei por tantas coisas, que procuro ficar sempre com os dois pés atrás.

Sinto que muitas pessoas me invejam e isso é um saco.
Querem ver só um exemplo bem besta?
Quando comecei a emagrecer, as pessoas ficavam comentando e muitas vezes senti que torciam contra.
Hoje, alguns perguntam o que eu fiz, se eu tomei remédio.
Sabe aquelas pessoas que torcem contra? Que duvidam da nossa força de vontade?
É mais ou menos assim... É mais fácil achar que eu não tenho capacidade pra mudar.
Então, o melhor que eu faço é ficar na minha.
Sou feliz assim, meus filhos gostam do meu jeito.
Não posso agradar o mundo. Infelizmente.
Ufa, acabei escrevendo, escrevendo e desabafei um pouquinho, sem perceber, hehe.

Então gente, vamos aproveitar que o mês está começando e recomeçar.
Quem sabe finalmente no dia 14 eu ganhe de aniversário a minha desejada meta...
56 kilos... falta 1 e meio. Mas só eu sei como é lento o processo aqui viu... aff, demora tanto.
Emagrecer 100g aqui é sofrido. É preciso disciplina total, pq se eu vacilo, acabo engordando.

Então, como eu quero muito me dar esse presente, vou continuar fazendo tudo certo, ou, corrigindo alguns errinhos.
*Diminuir mais o sal.
Isso já estou fazendo algum tempo e hoje, quando como algo mais salgado já me incomoda. Então, devo diminuir mais ainda.
*Não usar açúcar refinado. Isso está fácil.
*Não usar, ou usar o mínimo possível de alimentos com glúten.
Também é fácil. Só preciso arranjar um substituto pra biscoito água e sal que como pela manha, nos dias que não tem pão de polvilho... Pq biscoito de água e sal tem glúten.
*Fazer exercícios TODOS os dias. Tem dia que dá preguiça, sono...
E basicamente é isso, pq o resto eu faço certo.
Tomo até 4 litros de água por dia. O pessoal aqui no escritório quer me matar pq eu acabo com os galões de água em menos de uma semana, rsrsrs.(Eu “se divirto” como diz a Gabi)
Como muita salada. E não é pouco não. Aos domingos compro em média uns 4 pés de alface, 2 de escarola, 1 de acelga, 1 de rúcula e 1 de agrião. É folha pra caramba! E como tudo. Tá, a Ana me ajuda, rsrs.
Faço também legumes no vapor todos os dias. É UM SACO, MAS EU FAÇO!
Como arroz em dias alternados, pq se eu bobear... eu adoro arroz.

E é isso gentem.
Desculpa aí o montão de coisas que escrevi. Eu gostio, hehe.
Obrigada pelo aluguel e vamos que vamos.
Quem sabe setembro seja o seu mês também?
Não custa tentar né?

Beijos.

Ah, como não tinha foto melhor, coloquei das unhas.
Essa semana dei um tempo nas cores berrantes e voltei pro Renda.
Pq Renda é chique, rsrs.

4 comentários:

Luciana disse...

Olá amiga, talvez tenha que cuidar do que fala sobre o peso perto dele, ou os que os amigos estão falando. A orientação é tudo, porém se perceber que está ficando muito fixado na idéia,leve ele urgente a uma psicóloga para trabalhar imagem corporal. Qualquer dúvida,me avise.Beijos grandes

Gisele disse...

Flor, sou como você super reservada e de poucos amigos, tenho fama de "chata", mas sou assim e acabou.
Sobre o peso, esse finalzinho é o mais dificil, e se voce realmente acha que precisa de ajuda busque sim, pois vale muito a pena!

bjs!

Areta disse...

Em vários aspectos somos iguais hehe, tbem gosto de ficar na minha, amigos tenho poucos tb e não gosto mto qdo vem me encher o saco kkk, sinto falta de muitas coisas tb.
Graças a Deus eu não tenho mais contato com a família do meu marido ADOOOROOOOO, to mto melhor sem a presença deles na minha vida, to vivendo melhor!! hehe

Vc vai conseguir sim chegar na sua meta, hoje fiquei te esperando no msn e nada da senhorita, qualquer coisa liga aqi em casa cacete, eu desisti de te mandar msg no cel.

Beijos flor, se cuida, amo vcs tudo ai hehe!

Dill disse...

oiii primeiro quero começar dizendo que vc espera um presente dia 14/09? chegar na sua meta de 56k? faltam 1,5k... hehehhe o presente vc já ganhou, vc mesma se deu: emagreceu muito, ganhou muito em auto estima, vida mais saudável, passou por grandes turbulências este ano e superou, mais ainda, superou e aprendeu a viver melhor, com vc mesma e com a sua linda familia, aprendeu a amar melhor... Acho que o presente já ta ai... aproveite, se chegar o dia 14/09 e os 56 não estiverem na balança... pense em tudo isso... vc é uma vencedora.
Inferno astral: tb acreditava nisso antes, hoje não acredito mais, problemas agente tem o ano todo, mas agente só pensa no inferno astral porque estamos mais focadas em nós perto do aniver, estamos mais sensiveis. Eu já passei por muitas fases, fases que eu tinha deprê no meu aniver, fases que pra mim era um grande evento e que quando as pessoas não correspondiam como eu esperava, ficava mal, teve um ano tb que resolvi que seria mais um dia, fiquei mal tb hahahhah, então hoje eu curto, sem esperar muito dos outros, apenas curto mais um aninho de experiência.... Olha o que vc mesma diz: é feliz, tem uma vida legal, filhos maravilhosos, vc tem a sua familia, dane-se os outros, a inveja. Sei que nos conhecemos muito pouco, mas torço muito por ti, de coração... se um dia precisar meu msn é dilneareis@hotmail.com... beijokas

Progresso

NeoCounter